quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

2015

Enquanto vejo uma filha dormir (coisa rara que ela é o nosso despertador oficial),  sinto outra dentro de mim que me faz ver o quanto já faz parte dando-me cabeçadas, pontapés e afins com grande força. Sinto-a mexer e parece tão lógico, tão mágico e ao mesmo tempo tão estranho... Nesta fase, em que estamos quase a atingir os 6 meses, pergunto-me muitas vezes como será esta bebé. Terá as longas pestanas e enormes olhos castanhos da irmã? Partilharão o sorriso, a curva por cima do lábio ou as sobrancelhas perfeitas?
Vou ter uma bebé em 2015, uma filha pequenina que se vai chamar Sara. Alguém que estou certa de ir amar com uma força surpreendente até para mim que já me assustei da primeira vez. O meu maior desejo para 2015 é que tudo corra bem com ela, que seja saudável. Ponto. Sem outros grandes artifícios. Sem malabarismo. Que seja saudável porque tudo o resto com tempo, com amor, com paciência e dedicação esta família lhe dará. 
Depois vem a minha primeira filha, a minha Miss Caracolinhos. Desejo que ela sofra somente o inevitável com a chegada da irmã. Que eu e o R tenhamos a força, a inteligência e a sensibilidade para percebermos quando ela estiver a sofrer, para não nos zangarmos (muito) quando ela se atirar para o chão com aquela birra de ciúmes, para a abraçar quando ela mais precisar. Que continue a crescer feliz, generosa, meiga e forte como tem crescido até agora. Que se torne a maravilhosa irmã mais velha que eu sei que ela um dia vai ser. Teimosa mas maravilhosa. 
E agora nós. Eu e tu. Que sejamos mais do mesmo, já só peço isso. Que me ames da mesma forma, com a mesma doçura e carinho, com a mesma tenacidade e dedicação, com a mesma generosidade de afectos e que eu saiba, todos os dias, dar-te o valor que mereces e amar-te de volta. 

Sei que vai ser um ano duro, longo e complicado. De adaptação a um novo bebé, a uma nova dinâmica familiar, a uma nova etapa nesta vida que implica tantas pequenas coisas que seria demasiado aborrecido enumerar agora mas que farão tanta diferença no nosso dia. Não tenho ilusões ou pelo menos tento não as ter. Mas tenho e tento ter sempre, esperança. Esperança naquilo que eu posso fazer, naquilo que podemos construir juntos ou individualmente, nos alicerces que cravamos nos corações dos que amamos e que nos amam de volta.
Eu despeço-me deste ano com um sentimento de gratidão enorme por já ter tanto e estar a caminho de mais ainda.

Um 2015 com aquilo que mais precisam.




terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Os pontos na minha caderneta!

Aspirar a casa com uma na barriga e a arrastar outra. - 10 pontos (e umas quantas calorias)
Contar umas dez histórias diferentes. - 5 pontos 
Dar beijinho no pé, no joelho, na testa e na unha depois de algumas "pancadinhas" acidentais enquanto esbarra contra os móveis. - 3 pontos
Colar autocolantes nas princesas, fadas e nos dinossauros. - 6 pontos (e uma valente seca)
Fingir que me assusto cada vez que ela toca a corneta de plástico. - 2 pontos
Não beber nem uma gota de leite de chocolate porque só há para uma. - 6 pontos
Deixá-la dormir no meu colo depois de uma valente birra. - 10 pontos
Pedir por favor, por favor, por favor para que tome o remédio sem lhe dar dois berros. - 8 pontos (e uma grande, gigantesca dose de paciência) 
Brincar à Dra Brinquedos umas 30 vezes. - 7 pontos. 
Apanhar, pela vigésima vez, as moedas de plástico do chão. - 4 pontos
Ir à casa de banho a correr para fazer uma coisa que não posso mesmo deixar de fazer. - 5 pontos (várias vezes durante o dia)
Deixar que me cole autocolantes na barriga nua porque a "mana" também quer brincar. - 3 pontos

Espero que tenhas boa memória miúda... ;-)




domingo, 28 de dezembro de 2014

Still...

Nos últimos tempos parece que a minha Miss Caracolinhos anda sempre doente. É tão cansativo. Para ela, para nós. Agora já dura desde o dia 25 que foi passado em pijama. O mundo fica em standby à medida que a febre vai e volta... 

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

A minha lista...


Mais banhos de imersão. Com muita espuma.
Mais pipocas no sofá.
Mais manhãs de sol.
Mais tardes de chuva no quentinho.
Mais beijos daqueles que importam.
Mais tecidos de cor.
Mais gargalhadas.
Mais abraços ao deitar.
Mais cartas escritas à mão.
Mais livros nas estantes da sala. E na cozinha. E na casa de banho. E no quarto.
Mais aguarelas nas paredes.
Mais fotografias do que faz bater o coração.
Mais bolos de chocolate. Com recheio de chocolate. E cobertura de chocolate. E pepitas de chocolate por cima. Para comer devagar, devagarinho.
Mais andar sem sapatos na relva. E na areia.
Mais almoços sob o sol de inverno.
Mais música para aquecer o coração e fazer os pés dançar.
Mais amigos novos.
Mais flores plantadas no jardim. Num canteiro. Num vaso.
Mais lama nos sapatos.
Mais jantares à luz de vela sem razão aparente.
Mais reciclar de roupa, de pensamentos, de tudo.
Mais fazer ronha na cama.
Mais cócegas na barriga.
Mais beijinhos à esquimó.
Mais família.

Menos medo, menos cansaço, menos sono, menos ilusões, menos dor, menos tempo desperdiçado com coisas pouco importantes, menos desilusão, menos perda. 

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Ursa ... polar.

Há dias que me sinto assim. 
Exactamente assim. Uma ursa prestes a perder as estribeiras enquanto vê a sua cria a testar os limites, mais uma vez. E tenho noção que até ranjo os dentes como o meu pai fazia.  
Ai minha filha, minha filha... 
(fonte: Pinterest)


Humor Natalício parte 2

Porque o Natal se aproxima a passos largos, porque é tão bom começar o dia com um sorriso... 







domingo, 21 de dezembro de 2014

As girafas não dançam?

Esta é uma das últimas aquisições cá para casa... "As Girafas Não Dançam". 
Quando vi a capa deste livro estava a sair de uma livraria carregada de sacos e com a piolha à perna, por isso, foi impossível voltar para trás mas ficou cá num canto da memória com uma nota especial. Como, infelizmente, nesta fase da gravidez ando um bocado distraída-esquecida-cabeça-no-ar fiquei-me pela nota mental. (Nova nota mental: não me fiar nas notas mentais que poderei tomar nos próximos tempos!...) 
Quando o R, no início da semana passada, entrou em casa com este livro debaixo do braço, acreditem que fiquei mais feliz que a Miss Caracolinhos por (ela) o receber. 
A história é mesmo muito bonita e a mensagem do livro ainda mais. O facto de ser em rima fez com que ela, com relativa facilidade, tenha decorado parte do livro e já consiga fazer coro às minhas palavras. (não esquecer que faz duas semanas que leio a mesma história todas as noites portanto, relativa facilidade também é um conceito... oh well, relativo! ;-))É um exercício de memoria fantástico para eles e um divertimento para mim que fico no papel de espectadora...
É um livro muito bom para se ler em voz alta para uns olhos que se arregalam na expectativa de saber se as girafas dançam ou não dançam... cá em casa o Geraldo tem duas fãs. Talvez três que dizem que os bebés depois das 20 semanas já ouvem tudo, meio desfocado mas ouvem. 

sábado, 20 de dezembro de 2014

Humor Natalício...

Por aqui andamos (eu e as minhas tesouras, alfinetes e máquina de costura, entenda-se...) em fase de produção, a cortar, coser e embrulhar. Mas, mesmo com pouco tempo descobri estes cartoons de humor natalício que não podia deixar de partilhar...;-) 







quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Prenda de natal com cheiro a primavera

Ando, aos poucos, a fazer algumas prendinhas de Natal. Já desisti da ideia de as fazer todas, não consigo, não há tempo que chegue para tudo e o Natal é já para a semana. 

.... (longa pausa para hiperventilar) ....

Hoje, acabei uma. E  cheguei à conclusão que sou péssima nisto. Gosto tanto dela que me apetece mesmo, mesmo, mesmo embrulhar e pôr o meu nome na etiqueta. Eu não disse? Sou péssima nisto. 

Banda sonora de hoje...

~


terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Mais um colete: Another vest...

Sabem aquela música da Britney Spears "Oops i did it again..."??? Eu só me lembro dessa parte confesso, mas é essa parte que toca na minha mente cada vez que repito um molde que gostei mesmo muito.... Eu gostei tanto do primeiro colete que fiz que, quando uma amiga o elogiou, eu soube que era mesmo isso que a filha dela ia receber de prenda de Natal. 
Acho que... bem, acho que o adoro. É um colete reversível por isso usei um tecido Riley Blake com umas cores de rosa, azul, verde e mostarda maravilhosas do qual me apaixonei à primeira vista e um tecido de pêlo sintético para o interior que lhe dá um ar (e o torna) super quentinho. 

You know that Britney Spears song "Oops i did it again ..." ??? I just remember that part I must confess, but that is the part that plays in my mind every time I repeat a pattern that I really enjoyed.... I liked so much the first vest I made with it that, when a friend praised it, I knew I was making her daughter one as a Christmas gift.
I think ... well, I think I adore it. It is a reversible vest so I used a Riley Blake fabric with a pink, blue, green and wonderful mustard color I fell in love at first sight and a "fur" synthetic fabric on the inside which gives it a super warm look. 








segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

domingo, 14 de dezembro de 2014

Giveaway Winner!!!

Durante dois dias eu estive a oferecer alguns do meus botões no âmbito da iniciativa organizada pelo blogue Sew Mama Sew e durante esses dois dias o meu blogue teve centenas de visitas, mas sabem qual foi a melhor parte? Eu também visitei dezenas de blogues e vi o que outras pessoas incrivelmente criativas estavam a fazer e descobri o que estavam a planear fazer com os meus botões (os meus preciosos botões devo acrescentar).
Havia planos para usá-los como: pequenos moinhos de vento, em animais de peluche, como enfeites de natal, em vestidos de meninas, para decorar sacos e bolsas, para embelezar esculturas, em jóias, para fazer quadros, num quilt arco-íris, para fazer caixas de jóias, em (lindas) pulseiras, para decorar almofadas, para decorar uma meia do Natal, em chapéus de malha... e o meu favorito ... em todo o lado!!!
Pela minha parte, tenho mesmo que agradecer a todos por participarem e por me fazerem sentir parte de algo. Eu já não me sinto a maluquinha dos botões. ;-) Eu percebi que existem muitas pessoas como eu, espalhadas pelo mundo ... pessoas que utilizam os botões em coisas que eu nunca me lembraria. (mammafairy Eu adoraria ver os seus moinhos de vento, GranChris os seus ornamentos, Mökki as suas esculturas e ai por diante ...)
Sem mais demoras, a vencedora é dawn - Mi rincón de mariposas!Parabéns! E porque a sua cor favorita é roxo, estes são os botões que vai receber (uns roxo, uns verdes e uns azuis).
Tenho a certeza que os vai tratar com carinho e se desejar partilhar connosco onde os usou é só enviar-me as fotos que terei todo o gosto em partilhá-las aqui! 

For 2 days I had a button giveaway and during those 2 days I had hundreds of visits but do you want to know what the best part is? I visited back dozens of blogs and saw what other amazingly creative people were doing and learned what they were planning on doing with my buttons (my precious buttons I may add).
There were plans to use them as: little windmills for making cards, on stuff animals, as button ornaments, on little girls' dresses, to decorate bags and totes, to embellish soft sculptures, in jewelry designs, to make pictures, on quilted rainbow colored wall hanging, to make button covered jewelry boxes, on (beautiful) bracelets, to decorate pillows, to decorate a Christmas stocking, on knit hats… and my favorite… everywhere! 
I have to thank you all for being a part and for making me feel a part of something. I’m not the "crazy" button lady anymore. ;-) I realized there are plenty of people like me out there... people who would use buttons in things I never thought off. 
(mammafairy I would love to see your windmills and GranChris ornaments and Mokki soft sculptures and so on… ) 
The lucky winner is dawn - Mi rincón de mariposasCongratulations! And since your favorite color is purple, this is your prize (some purple, some green and some blue). 
I'm sure you'll you treat them with love and if you wish to share with us where you used them, please sent me an email with pictures! 

sábado, 13 de dezembro de 2014

Pesto de espinafres

Eu sou a favor de refeições rápidas e práticas. Já aqui partilhei algumas comidinhas simples, rápidas e saborosas, com ingredientes de que gosto particularmente: batata doce, rúcula, ananás, pêras... enfim, um sem número de coisas boas. 
Ontem, foi dia de inventar outra vez. Como diz uma amiga minha: "a obrigatoriedade arruína a criatividade" e eu ontem estava sem paciência para muito, por isso precisava de uma coisa extra rápida e fácil. Nisto, sai um pesto de espinafres e noz para colocar sobre a massa... fiquei convencida e o R também. 
Deu para dois e sobrou um bocadinho. 
Fiz pouco porque estava com receio dos sabores não se harmonizarem (nem sempre estas minhas experiências dão bons resultados mas não contem a ninguém que só vos mostro as experiências boas).

Ingredientes: 100 g de espinafres lavados crus + 1 dente de alho + 50 ml azeite + 30 queijo parmesão ralado + 15 nozes inteiras - uns 25 segundos na bimbólica à velocidade 4. Finito!! Espalhar sobre a massa e comer. 


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Mãos à obra!

O livro da Constança é muito bonito. Mesmo muito bonito. Cheio de fotografias lindas tiradas por ela e pelo marido, Tiago. Cheio de projectos que se coadunam com o compasso do próprio livro. Um livro que obedece às estações, ao andar devagar apreciando aquilo que a natureza tem para nos dar integrando-a no dia a dia. 
A Constança consegue olhar para os objectos e ver mais do que o seu potencial óbvio, reciclando lenços antigos, bancos de madeira, móveis usados. Ela consegue fazer arranjos de flores magníficos em coisas simples como latas de metal e, quem me lê, sabe que tenho um fraquinho por flores e arranjos de flores das formas mais inusitadas. E por reciclar, e por objectos antigos, e por ver a beleza de um objecto para além do óbvio. Ahhh ... e por pessoas criativas, muito criativas. ;-) 
Se estas não fossem razões suficiente para comprar o livro, digo-vos já que as receitas que partilha são de deixar água na boca, os projectos de costura distintos e as dicas e conselhos de jardinagem uma mais-valia para quem gosta de andar com as mãos na terra. 
Hoje estive a fazer embrulhos, coisa que a Constança também aborda no seu livro e de uma forma tão inspiradora que não podia deixar de aqui lhe fazer referência. Porque o detalhe faz a diferença... e quase tudo serve se o coração estiver no sítio certo. 


Ainda mais perto... 
  


 Resumindo... 

Se quiserem um livro da Constança como presente espreitem aqui no blogue da Sara, ela está generosamente a oferecer um! 
E se quiserem ver como não estou a exagerar, espreitem o blogue da Rita, o da Magda, o da Carla, o da Maria ou o da Ana. Depois não se esqueçam de acrescentar o Mãos à Obra! na vossa cartinha ao Pai Natal. 

No jardim...

E perco-me nos sentidos. Um bálsamo. O cheiro, a cor, a luz, o quente do sol. 
Sento-me na rua com uma chávena de café e aqui no meio, neste canto do mundo, entre as nuvens, o cheiro da relva, os gatos que se passeiam no muro branco e as minhas flores, deixo que o mundo siga o seu caminho sem mim. 
Só por um bocadinho. 
 

  



quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Giveaway Day - Button Candy

Na semana passada comecei a fazer experiências com botões, com cores, com a máquina fotográfica. Esta semana abri uma loja no Etsy
O processo de selecção dos botões a vender não foi nada pacifico. Ando a coleccionar botões há bastante tempo e adoro encontrar perdidos, entre outras velharias, autênticos tesouros de outros tempos. Por isso, volta e meia dava por mim a pensar "este não, este eu gosto demais" ou "este é mesmo especial, este não posso, não consigo". Eu adoro botões e para mim eles têm realmente um encanto especial. As texturas, as cores, os formatos e os materiais de que são feitos deixam-me rendida...

E, nada melhor para celebrar a "abertura" da minha loja, do que participar no Giveaway Day da Sew Mama Sew com três conjuntos de botões para oferecer! "Concurso" aberto até ao final do dia 12 de Dezembro, o vencedor será anunciado dia 14, para concorrer basta deixar um comentário neste post a dizer em que projecto usariam os botões e a vossa cor favorita. Simples...
Giveaway aberto internacionalmente, o vencedor será escolhido usando um random number generator (na falta de melhor tradução: um gerador de números aleatórios)
Quem ganhar vai receber um pack de botões da sua cor preferida dentro do género dos botões que estão representados nas fotos.

Last week I started to experiment with buttons, with colors, with the camera. This week I opened a shop on Etsy.
The selection process of the buttons to sell was not a peaceful one. I've been collecting buttons for a long time and I love finding lost, among other oldies, authentic treasures of other time. That's why time and again I found myself thinking "this one no, I like this one too much" or "this one is really special, this one I can not".  I love buttons and to me they really have a special charm. The textures, colors, shapes and materials that are made from let me rendered...

And nothing better to celebrate the "opening" of my store, than to participate in the Giveaway Day of Sew Mama Sew with three sets of buttons to offer!
The Giveaway is open until the end of december 12th and the winner will be announced the 14th, to run for it just leave a comment in this post saying in which project would you use the buttons and your favorite color. Simple ...
Giveaway open internationally and will be picked using a random number generator.
Whoever wins will receive a pack of buttons of their favorite color within the genera of buttons that are shown in the pictures.


terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Febre e um bolo

Nos último mês, mês e meio, parece que a piolha esteve quase sempre doente. Quando não estava ela, estava eu. 
Sábado passeio na serra, domingo à noite visita à nossa maravilhosa pediatra. Tosse, muita tosse que é sempre a primeira coisa a surgir com força. Nestes dias, o colo é o remédio mais procurado, o alimento nunca negado e um exercício que me deixa completamente exausta. À medida que as horas passam e ela recusa qualquer comida, as convicções e fundamentalismos desaparecem e surgem os bolos, os ovos estrelados, as batatas fritas, seja o que for que a faça abrir a boca. 
Ontem, quase sem açúcar em casa, sem poder sair para o ir comprar e com minutos para fazer um bolo antes de o colo ser novamente exigido, criatividade foi a palavra de ordem. E sai um bolo de iogurte grego e mirtilos em tamanho mini.
Not bad.... 


segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Aviso: Fotos e mais fotos e muito poucas palavras.

No sábado fomos passear na serra. 
Que cheiro estonteante o da terra, o das folhas, o das árvores, o do musgo... Acabamos por apanhar uma mão cheia de castanhas e ver cogumelos de todas as cores e feitios. Maravilhosa e sempre surpreendente a natureza. 
É também isto que a fotografia me dá. O privilégio de ver melhor, de tentar sempre ver com mais atenção, com mais luz e clareza, com mais cor. 


A minha mãe e a minha filhota... 
  

 A brincar às escondidas. 






O meu pai.